Packers atolados em um primeiro tempo ‘estranho’ contra o Lions: como Detroit assumiu o controle da NFC North

Por Matt Schneidman, Colton Pouncy e KC Joyner

O Detroit Lions usou um primeiro tempo dominante para eliminar o Green Bay Packers na vitória por 34-20 no “Thursday Night Football”. Aqui está o que você precisa saber:

  • Os Packers (2-2) terminaram o primeiro tempo com apenas 21 jardas no total e foram aplaudidos fora de campo pela torcida, enquanto os Leões (3-1) acumularam 284 para assumir uma vantagem inicial de 27-3. O técnico do Green Bay, Matt LaFleur, chamou o primeiro tempo de seu time de “humilde” e “embaraçoso” durante uma entrevista no intervalo.
  • Depois de lançar uma interceptação no ataque inicial do Detroit, o quarterback Jared Goff terminou o jogo com 19 de 28 passes para 210 jardas e um touchdown.
  • O running back do Lions, David Montgomery, que foi listado como questionável ao entrar no jogo, teve 121 jardas e três touchdowns em 32 corridas. Ele também teve 20 jardas de recepção.
  • O QB do Packers, Jordan Love, fez 23 de 36 para 246 jardas e um touchdown com duas interceptações e correu para um touchdown. Green Bay registrou 230 jardas no total no dia seguinte a um primeiro tempo ruim.

AtléticoAnálise Instantânea:

O que funcionou em Detroit

Os Leões começaram o jogo da pior maneira imaginável: uma interceptação na primeira série, dando ao Green Bay a bola para um touchdown. A multidão explodiu. Teve um começo desastroso e um filme que já vimos antes. Mas então a defesa estava determinada: um field goal – a melhor resposta. Depois, foi a vez do ataque. Os Leões marcaram 27 corridas. Eles não se moveram. Eles assumiram o controle de um jogo que não vemos com muita frequência. Apesar do esforço dos Packers, eles resistiram e venceram confortavelmente. Um sinal de que esta equipe pode ser diferente. Era algo que eles queriam. Eles entenderam. – Saltitante

Tudo acontece com leões

Detroit está 3-1, em primeiro lugar em uma divisão, e parece cada dia mais fraco, jogando um tipo de futebol que a cidade pode apoiar. Parece que a defesa deles deu um salto. O ataque deles é forte. Tudo está dando certo, como evidenciado pela vitória de 14 pontos em Lambeau. A partir daqui, eles têm um calendário favorável. Eles receberão o 0-3 Carolina Panthers e depois viajarão para Tampa Bay para enfrentar os Buccaneers. É preciso pensar que os Leões serão os favoritos em ambos os jogos. Não olhe agora, mas os leões podem ser reais. – saltitante

O que deu errado para Green Bay?

Só no primeiro tempo, os Leões marcaram seis pontos a mais (27) do que o total de jardas líquidas dos Packers (21). O Green Bay teve uma média sombria de 1 jarda por jogada, enquanto os Leões marcaram mais pontos nos primeiros 30 minutos do que os Packers no primeiro tempo. De acordo com o NextGen Stats, cada atacante ofensivo do Packers permitiu pelo menos uma pressão no primeiro tempo, mas os Leões não atacaram até a última jogada do tempo, na qual Love foi demitido antes mesmo de acertar uma tentativa de Hail Mary.

READ  Protestos em campus: Centenas de prisões foram feitas em universidades nos EUA enquanto os protestos em Gaza continuam

Após a interceptação do movimento inicial do safety Rudy Ford, o ataque só conseguiu converter 3 pontos e a defesa do Green Bay entrou em colapso. Os Packers entrarão no intervalo ruidosamente em seu campo. O déficit já causou danos suficientes às esperanças de vitória do Green Bay, sendo demais para ser superado na batalha pela supremacia da NFC Norte, que os Leões conquistaram. – Schneidmann

A magia dos Packers acabou

Por um momento, antes da correria da noite de quinta-feira, parecia que Love and the Packers ainda conseguiam invocar a magia do Lambeau Field. Depois de apagar uma desvantagem de 17-0 no quarto período na vitória de 18-17 do último domingo sobre o New Orleans Saints, os Packers reduziram a vantagem de 27-3 do Lions para 27-11 no início do segundo tempo e forçaram uma cesta de três pontos. E-out na próxima viagem de Detroit. Eles até forçaram a próxima investida dos Leões, depois de uma exibição defensiva bastante ineficaz no primeiro tempo, criando uma corrida de Love projetada para a end zone para fazer o 27-17 faltando 14:52 para o final do quarto período.

Desta vez, porém, o esforço de recuperação dos Packers provou ser uma provocação, acabando por falhar por 34-20.

Os Leões ainda estavam esperançosos depois de vencer por 30-17 faltando 8:10 para o fim, mas um pênalti fumble na tentativa de field goal do linebacker interno Quay Walker deu aos Leões uma primeira descida automática, e eles marcaram um touchdown a 2:10 do cronômetro. em vez de Foi, em essência, um jogo de bola faltando seis minutos para o fim. – Schneidmann

O que aconteceu com a jogada no final do terceiro quarto?

Terry McCauley, analista de regras da Amazon Broadcasting, disse que uma jogada dos Packers no final do terceiro quarto deveria ter sido interrompida porque o relógio chegou a zero e o quarto deveria ter terminado naquele ponto. McAulay apontou mais tarde que a jogada não era passível de revisão porque as faltas no final do quarto ou no final do jogo não se enquadram na categoria de jogadas passíveis de revisão.

READ  Os futuros do Dow Jones atingiram máximos recordes junto com o S&P 500; Tesla, Netflix em fita

Parece algo que a NFL deveria observar. Imagine o clamor dos torcedores daquele time se um jogo do playoff ou do Super Bowl fosse decidido em um jogo que começasse depois do jogo. – Joyner

O destaque do jogo

Estatísticas vitais

Montgomery se tornou o primeiro jogador do Lions desde James Stewart em 2000 a correr 100 jardas e marcar três touchdowns em um único jogo.

Leitura obrigatória

(Foto: Stacey Revere/Getty Images)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *