Navais encerrou ronda pelas freguesias do presidente da Câmara

Navais encerrou ronda pelas freguesias do presidente da Câmara

Realizou-se na tarde de 29 de abril, em Navais, a última visita do Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, às freguesias do concelho.

Tal como aconteceu em todas as outras, o Presidente da União de Freguesias Aguçadoura e Navais, Fernando Rosa, acompanhado de José Alberto, conduziu o Presidente da Câmara por diversos locais da freguesia, antes do encontro com a população na sede da Junta.

O Vice-Presidente, Luís Diamantino, e as Vereadoras Andrea Silva e Lucinda Delgado também acompanharam Aires Pereira nesta visita.

Depois de se deslocarem a alguns arruamentos que pretendem ver alargados e requalificados, estiveram nas Sedes de duas associações da freguesia com mais de 30 anos de existência: do Centro Desportivo e Cultural de Navais e do Grupo Folclórico de Cantares e Danças Os Camponeses de Navais.

Os Presidentes de ambas as associações anseiam por terem um espaço mais digno e com melhores condições que sirva para terem as suas coisas e desenvolverem a sua atividade. O edifício da antiga Escola Primária que já não serve esse fim foi local que sugeriram ocupar.

Aires Pereira manifestou-se “desgostoso” com o que viu e assumiu que “temos a responsabilidade de criar melhores condições”, garantindo que “antes do próximo inverno, terão condições dignas”.

O Centro Desportivo e Cultural de Navais aspira também à criação de novas infraestruturas no Parque Desportivo como uma bancada, uma pista de atletismo e reforço da iluminação. Também neste aspeto, o Presidente da Câmara mostrou-se disponível para apoiar a Junta e a associação.

Na sessão com a população, Fernando Rosa referiu-se de forma positiva à união imposta entre as freguesias de Aguçadoura e Navais. A questão mais preocupante de Navais prende-se com o facto da população mais jovem da freguesia a abandonar devido à dificuldade em construir a sua habitação.

A este propósito, Aires Pereira constatou que, de facto, “esta é a freguesia que tem reduzido mais o número de habitantes por esse motivo”, esclarecendo que os proprietários das parcelas maiores e próximas de infraestruturas que estão dotadas de capacidade construtiva, de acordo com o PDM, não as disponibilizam para o efeito.

Assim sendo, “o Município terá que inverter esta situação”, assumiu o edil, alertando os proprietários para a alteração da lei: “ao fim de cada cinco anos, a Câmara Municipal pode propor retirar aptidão construtiva a um terreno e dotar outro”. Este será um dos instrumentos a que o Município poderá recorrer para resolver esta dificuldade em fixar os jovens em Navais. Outro poderá passar por ser a Câmara a promover o loteamento, indicou Aires Pereira, transmitindo que “Navais é a freguesia que mostra mais preocupação nesta matéria”.

A representante dos pais da Escola de Navais foi porta-voz de algumas situações que pretendem ver melhoradas na escola e logo contou com a disponibilidade dos autarcas para as resolver adiantando que haverá uma nova sala na escola, num investimento do Município de 80 mil euros.

 

Beirisenses sugeriram espaço para Centro de Dia

Na semana anterior, a visita tinha sido a Beiriz, onde o Centro Social, o Campo de Futebol, o cemitério e a Igreja foram alguns dos locais de passagem.

Já na sede da Junta de Freguesia esperavam pelo Presidente da Câmara perto de uma centena de beirisenses. Durante duas horas Aires Pereira respondeu a todas as dúvidas colocadas pelos munícipes e que se prenderam, essencialmente, com o alargamento do cemitério e com o melhoramento das ruas. Como habitualmente, o autarca tomou nota de todas as melhorias necessárias aos olhos dos habitantes de Beiriz com o intuito de procurar as melhores e mais eficazes soluções.

O autarca mostrou a preocupação com a terceira idade e referiu que tem projetada a transformação de algumas antigas escolas em Centros de Dia. “As pessoas vão ser acompanhadas por um técnico, fazer uma refeição, tomar os seus medicamentos à hora certa, conversar e, essencialmente, permanecerem ativos”. E referiu que em Beiriz ainda não se avançou por não haver uma antiga escola disponível. Os beirisenses logo sugeriram a ocupação do edifício d’A Beneficente (também visitado pelo autarca durante a tarde). O edil assegurou que, se assim fosse, o município iria custear as obras de reabilitação.

Em jeito de balanço do roteiro pelas 11 freguesias do concelho da Póvoa de Varzim , Aires Pereira transmitiu que foi “uma forma de nos aproximarmos ainda mais das pessoas, sentirmos e ouvirmos aquilo que são as suas preocupações e dificuldades uma vez que é sempre importante ouvir as populações locais uma vez que são, sem sombra de dúvida, aqueles que têm uma visão muito mais aproximada daquilo que é necessário ser feito”.

O Presidente revelou que “neste processo criou-se uma grande empatia e as pessoas

Seja o primeiro a comentar no "Navais encerrou ronda pelas freguesias do presidente da Câmara"

Deixar um comentário

O seu endereço de correio eletrónico não ficará visível


*