Ex-assistente acusa Vin Diesel de abuso sexual

O astro de “Velozes e Furiosos”, Vin Diesel, foi acusado de agressão sexual por seu ex-assistente em 2010, enquanto trabalhava para ele.

LOS ANGELES – LOS ANGELES (AP) – O astro de “Velozes e Furiosos” Vin Diesel foi acusado de má conduta sexual por uma ex-assistente que trabalhou para ele em 2010.

Astra Jonasson processou em Los Angeles na quinta-feira, alegando que Diesel se forçou a entrar em uma suíte de hotel em Atlanta. A ação alega que ela tentou escapar do quarto de Diesel após ser forçada a deitar em sua cama, mas o ator se aproximou dela, pressionou seus seios e beijou-a no peito.

Diesel tentou puxar a calcinha para baixo e ela gritou e correu em direção ao banheiro mais próximo. Ele finalmente a forçou a tocar seu pênis ereto e começou a se masturbar, diz o processo.

O processo alega que Jonason fechou os olhos com medo de irritar ainda mais Diesel e queria que o ataque terminasse.

A irmã de Diesel, Samantha Vincent, demitiu Jonasson horas depois.

O processo dizia que Jonason se sentia um “pedaço de lixo” e que sua autoestima estava “despedaçada”.

“Deixe-me ser muito claro: Vin Diesel nega veementemente esta alegação”, disse o advogado Brian Friedman em comunicado. Relatado por Variedade. Reclamação de 9 dias por funcionário. Há evidências claras que refutam completamente essas alegações bizarras.

READ  Família de Dean - NBC 7 San Diego

A advogada de Jonasson, Claire-Lise Kutlay, disse em comunicado que o caso de seu cliente é que Diesel e “aqueles que permitiram e encobriram sua agressão sexual devem ser responsabilizados por suas ações hediondas”.

“Os empregadores precisam proteger e proteger as pessoas quando elas falam sobre agressão e assédio sexual”, disse Goodley. “Esperamos que a decisão corajosa da Sra. Jonasson ajude a criar mudanças duradouras e a capacitar outros sobreviventes”.

A Associated Press normalmente não identifica vítimas de agressão sexual, a menos que elas se apresentem publicamente, como fez Jonasson.

Diesel interpreta Dominic Toretto desde o filme inaugural da franquia de 2001, “Velozes e Furiosos”. Os dois últimos filmes arrecadaram mais de US$ 1 bilhão cada nas bilheterias nacionais e internacionais.

No início deste ano, o décimo filme da franquia, “Fast X”, estrelado por Diesel, estreou com US$ 67,5 milhões em vendas de ingressos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *