Pai de Taylor Swift, Scott Swift, acusa fotógrafo de agressão

fonte da imagem, Boas fotos

legenda da imagem,

Taylor Swift com seu pai Scott

A polícia australiana está investigando as alegações de um paparazzo de que ela foi agredida pelo pai de Taylor Swift.

Ben McDonald, 51, acusou Scott Swift, 71, de lhe dar um soco no rosto em Sydney Wharf. Ele não precisou de atenção médica.

O confronto aconteceu depois que Swift e a estrela pop desembarcaram de um iate na terça-feira.

Um porta-voz da cantora não abordou a alegação de agressão, mas a mídia local informou que dois homens foram agressivos com ela.

Um vídeo divulgado pela mídia australiana mostra a cantora, escondida sob um guarda-chuva, caminhando pelo Neutral Bay Wharf com seu pai e guarda-costas por volta das 02h30, horário local (15h30 GMT de segunda-feira).

Câmeras piscam diante de duas vozes – supostamente um fotógrafo e um segurança – acusando-se mutuamente de tocar nos guarda-chuvas. Não está claro se a filmagem registrou o incidente.

McDonald disse à BBC que o cantor já havia entrado em um carro quando Swift “cobrou” e bateu nele.

“Faço isto há 23 anos e nunca estive numa situação em que alguém me cortasse”, disse ele, sem exagerar no incidente.

Um representante da cantora disse: “Dois homens empurraram agressivamente Taylor, agarraram seu segurança e ameaçaram jogar uma funcionária na água”.

Swift realizou o último show australiano de sua popular turnê Eras.

“O jovem relatou o incidente e as investigações estão em andamento por oficiais vinculados ao Comando da Área Policial da Costa Norte”, disse a Polícia de Nova Gales do Sul em um comunicado.

READ  Atualizações ao vivo da Ucrânia: luta se intensifica no nordeste enquanto a Rússia pressiona Kubians

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *