Furtou ambulância à porta da Urgência do Hospital da Póvoa

Um indivíduo com 33 anos de idade, desempregado e residente em Vila das Aves (Santo Tirso) furtou na quinta-feira da semana passada, dia 22, uma ambulância de onde, por volta das 20h30, tinha acabado de retirar um doente para o serviço de Urgência do Hospital da Póvoa. Aproveitando a ausência dos socorristas para o interior da unidade do Centro Hospitalar, o ladrão fechou as portas abertas na traseira do veículo, sentou-se ao volante e arrancou a grande velocidade pela Avenida Mouzinho de Albuquerque. À chegada ao cruzamento com a rua Gomes de Amorim (antiga Estrada Nacional 13) e Praça Marquês de Pombal virou à esquerda – o que é proibido, passando à frente da es-quadra da PSP de forma tão veloz que suscitou desde logo a desconfiança nos agentes policiais.
Com uma “condução muita agressiva”, descreveu Francisco Nova, co-mandante interino da corporação, o indivíduo levou a ambulância em direção a Vila do Conde. Pelo caminho embateu num veículo que se-guia na rua 5 de Outubro junto à antiga fábrica da Maconde, mas prosseguiu a viagem e por pouco não atropelou uma senhora que empurrava um carrinho de bebé na passadeira.
Mas por essa altura a PSP já estava alertada para o furto e o trajeto da ambulância estava a ser seguido por computador dado que o veículo de socorro possui um sistema de localização por satélite. A polícia mobilizou veículos da Póvoa e de Vila do Conde e foi montada uma teia numa rotunda em Portas Fronhas junto ao Mcdonald’s. A ambulância sofreu danos com o embate, mas pelo menos não ficou inoperacional. O indivíduo foi notificado para se apresentar ao Tribunal de Vila do Conde onde vai correr o respetivo processo criminal.

Seja o primeiro a comentar no "Furtou ambulância à porta da Urgência do Hospital da Póvoa"

Deixar um comentário

O seu endereço de correio eletrónico não ficará visível


*